Lançamentos

Lançamento | Muñoz: Nekomata

Foto Divulgação

“Nekomata” é o nome do novo álbum do duo Muñoz. Conta com 10 faixas, sendo 7 inéditas, as outras 3 (Oru, Vodum e Nekomata) já haviam sido lançadas como single e mostraram muito bem o que estava por vir.

Com produção assinada por Julio Miotto e mix/master por Max Matta (ambos do estúdio LAB Sound, em Piracicaba), este quarto disco da dupla foi lançado em conjunto pela Abraxas Records e Locomotiva Records (a segunda responsável pelo festival de música com o mesmo nome que acontece todo ano no interior do estado de São Paulo).

Este novo trabalho se mostrou como uma busca por novas sonoridades e experimentações, a mudança deixou um pouco de lado o clássico rock psicodélico de verve stoner que o duo vinha fazendo e mergulhou em novas influências, como a dupla disse:

“Nossos outros trabalhos sempre mesclavam blues e rock psicodélico. Esse novo álbum foi composto seguindo um conceito, misturando diferentes ritmos e temas. Mesclamos rock com alguns elementos de afrobeat e música latina, deixando o som mais dançante e repetitivo como um mantra. A ideia foi trazer um aspecto ritualístico em todo o álbum”.

Conheci a banda há quase dois anos através de uma amiga que também havia conhecido as músicas do duo há pouco tempo (ela é simplesmente fissurada, já viajou pra longe ver show e até comprou os merchs), e o que mais me chamou a atenção foi a energia e a entrega que estavam presentes em cada uma das músicas. Em “Nekomata”, mesmo buscando outras alternativas de sonoridades, conseguiram manter o que me fez virar fã deles.

Capa do Disco

A última canção do disco, “Blue Cat And The Eternal Bat”, tem mais referências de sonoridades ritualísticas/primitivas, cuja musicalidade e letra são construídas em cima de ritos do povo Apapocúva-Guaraní, no leste do Paraguai e no norte do Brasil.

O trabalho todo tem uma audição incrível e vem carregado de espiritualidade e misticismo, não apenas nas letras das músicas, mas também no nome do álbum. Eu sei que você está se perguntando o que significa Nekomata, por isso explicamos para você:

O sufixo “mata”, da de Nekomata, significa repetição e transformação – duas palavras que definem o conceito do álbum. Nekomata vem de um conto popular do folclore japonês: uma criatura mitológica que alguns gatos se transformavam, geralmente quando eram maltratados por muitos anos. Sua cauda começava a se dividir lentamente em duas e desenvolvia poderes sobrenaturais, principalmente de necromancia e xamanismo. Além disso, dentro deste universo, os Nekomatas controlavam os mortos, os fazendo dançar e até tocar tambores em forma de ritual.

_______________________

Ouça o Disco:

Leia Também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: