Lançamentos

Lançamento | The Velociraptors: Road to Shangri-La

“Road to Shangri-La”, mais novo disco da banda The Velociraptors, é o percurso frenético e quase alucinógeno que liga o rock and roll dos anos 70 a todas as nossas sensações.
Foto Divulgação por Ian Rassari

Road to Shangri-La” é o nome do mais novo disco da banda The Velociraptors. No currículo, o álbum “A New State Of Mind”, lançado em 2012, e dois EP’s: “Primitive Sessions” (2014) e “Wild Ambitions” de 2010.

Foi através desse primeiro EP que conheci a banda, em meados de 2013, lembro muito bem que fiquei viciado no som acelerado, guitarras fritando e em toda a energia das músicas, virei fã na hora. Agora, 7 anos depois, com este disco, afirmo que não perderam nada a qualidade e está ainda mais animal.

“Somos três proletários, viciados em música, vivendo em uma cidade do interior do Nordeste do Brasil e sentimos na pele, diariamente, todas as dificuldades que é ser músico independente no Brasil. E pode acreditar, é mais difícil ainda ser músico independente e tocar Rock nos dias de hoje no nosso país. Rock, o estilo primitivo, como gostamos de intitular em nossas postagens. Mas mesmo assim permanecemos aqui, tentando e acreditando dia após dia, ano após ano, que a nossa música de alguma forma possa tocar alguém em algum canto desse planeta azul.” Diz a banda.

As canções “Nightmare” e “Another Sun” foram lançadas previamente. A primeira mais melódica, as segunda com a cara das faixas que compunham o primeiro EP.

Capa do Disco por Ian Rassari

Road to Shangri-La” é um exímio exemplar de rock and roll setentista (mas contemporâneo), traz toda a carga de um estilo clássico afirmado por bandas como Hellacopters, Stooges, MC5 e New York Dolls.

É como pegar a estrada sem destino, encarando o que está por vir sem ter medo de nada. O percurso sinuoso por acordes velozes e vocais rasgados traz um punk rock regado a proto-punk e powerpop.

Um som vindo direto dos porões jurássicos e envenenado com uma fúria dançante e selvagem já característica da banda, com uma pitada de distorção fervente derretendo os falantes.

Give Them a Slip” e “49% Motherfucker 51% Son of a Bitch” são as faixas mais eletrizantes do disco, aquelas para colocar no som bem alto e curtir alucinadamente.

The Velociraptors é Philipe Oliveira (guitarra e voz), Renato Misfit (baixo) e Gil Marinho (bateria). O disco foi gravado no Estúdio Dosol, mixado e masterizado por Gustavo Vazquez e é um lançamento pela Dinamite Records.

Road to Shangri-La” é o percurso frenético e quase alucinógeno que liga o rock and roll dos anos 70 a todas as nossas sensações.

_________________________

Encontre a Banda:

Ouça o Disco:

Leia Também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: