Lançamentos resenha

Resenha | Balla e os Cristais: Jogo do Bicho

É rock and roll, música tropical, baião, punk, mpb. Um pouquinho de cada canto, de cada influência, de cada coisa que ouviram e que admiram. Balla e os Cristais acertaram em cheio no “Jogo do Bicho”.
Foto Divulgação por Gabriela Perez

Jogo do Bicho” é o nome do primeiro disco da banda carioca Balla e os Cristais.

O tropicalismo brasileiro se fez uma vertente extremamente forte na música nacional, se perpetuou e até hoje, além de podermos ouvir os grandes clássicos desse gênero, vemos novos trabalhos usando o estilo como uma das inspirações.

O novo disco do Balla e os Cristais bebe um pouco nessa fonte tropical brasileira e nos leva ao profundo de canções, melodias e arranjos harmoniosos.

Bem como a Tropicália recebia uma forte influência do rock, o disco “Jogo do Bicho” também traz essa veia enérgica, com guitarras marcantes e letras mais críticas. O rock é até mais presente que outros estilos, o mais fácil de identificar, assim por dizer.

Mas se você não gosta de rock fique tranquilo, o álbum é versátil em sua proposta, não fica taxado em nenhum estilo e você adentra em todas as canções de forma completa.

Jogo do Bicho” começa com “Vocês São Todos Idiotas”, música escolhida para abrir a maioria dos shows da banda. “Ela chama as pessoas porque elas foram lá ver um show de rock e se surpreendem com um violão fazendo uma batida meio baião com progressão de samba, até que entra o nosso peso sonoro, provocando um estranhamento”, conta Rafael Balla.

Ouça a canção Vocês São Todos Idiotas

Com muita capacidade de mesclar gêneros musicais, a canção “Fala, Quer Invadir” traz o rock com uma mistura muito bem trabalhada com um pouco de jazz e blues. A faixa foi inspirada naquele guri que caía chorando na pelada, chamava a babá e levava a bola embora, deixando os amigos sem futebol.

“Esse moleque cresceu e tá pagando 100 mil pra bombar a música dele nas plataformas. Não faz um show, um corre, não carrega equipamento, não pega busão lotado e fica convencendo o mundo inteiro todo dia de que aquilo pode ser bom. Um belo dia, a gente vê que o playboy bateu um milhão de views. Não é por mérito, e essa é uma música de vingança, tipo Bastardos Inglórios”, diz Balla, fazendo alusão ao filme dirigido por Quentin Tarantino.

Capa do Disco

Balla e os Cristais ainda mandou duas regravações em grande estilo neste disco: “Comportamento Geral”, de Gonzaguinha, hino crítico e atemporal sobre a postura pacata e subserviente do trabalhador brasileiro, e “Zé do Caroço”, de Leci Brandão.

Jogo do Bicho” foi mixado por Jr. Tostoi (produtor e guitarrista de Lenine), e masterizado por Carlos Freitas (que já colocou as mãos em trabalhos de João Gilberto, Tim Maia e Gilberto Gil, além do clássico ‘Da Lama ao Caos’, álbum fundador do Manguebeat de Chico Science).

É rock and roll, música tropical, baião, punk, mpb. Um pouquinho de cada canto, de cada influência, de cada coisa que ouviram e que admiram. Balla e os Cristais acertaram em cheio no “Jogo do Bicho”.

___________________________

Encontre a Banda:

Ouça o Disco:

Leia Também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: