Lançamentos

Mini Mini Notas de Lançamentos da Semana #03

Mini mini notas rapidinhas sobre alguns lançamentos da semana (ou não) que você precisa ouvir e ficar de olho. Essa semana com: Mineiros da Lua, Allo Motif, The Baggios e Siba, Pitaya Kush e Vercel.

Chegamos na semana 3 das Mini Mini Notas de Lançamentos e eu que achei que não passaria da primeira kkkk. Bora lá?

Nas Suas Mãos (Single/Clipe) – Mineiros da Lua

Foto divulgação por Manuela Ventura e Gabriel Almeida

Com uma introdução com sintetizadores e os outros elementos entrando gradativamente na canção, o novo single “Nas Suas Mãos” da banda Mineiros da Lua apresenta uma mistura bem interessante de synthpop com indie pop e vários outros efeitos eletrônicos agregados à canção. O quarteto de Belo Horizonte trouxe para essa faixa a participação de Nena, da banda La Leuca que, com maestria, nos dá o prazer de ouvir sua voz ao decorrer da música.

O videoclipe é outro espetáculo, muito bem produzido por Diego Dutra (baixista da banda), traz uma fotografia ótima e uma linda identidade visual. O vídeo traz como personagem um homem-pássaro, interpretado pelo ator Rogério Tavares, isolado em meio à natureza numa jornada de autodescoberta e memórias de quem ele já foi (ou pensa ter sido) algum dia. Em seu cíclico percurso em meio ao caos do mato, o homem que carrega uma máscara de pássaro passa várias vezes pelos mesmos lugares e encontra suas próprias marcas pelo caminho, o que o leva à um processo de apagamento da própria identidade e, ao mesmo tempo, à construção de outras versões de si mesmo.

A Mineiros da Lua também já está se preparando para o lançamento do próximo disco está marcado para dia 17 de junho via selo Seloki Records. As canções deste novo trabalho foram compostas, gravadas e produzidas à distância pelos quatro músicos dentro da plataforma coletiva SoundTrap que permite criar projetos musicais e compartilhá-los para que várias pessoas possam trabalhar nas faixas ao mesmo tempo, de maneira remota.

Encontre a banda:

Assista ao clipe:

Satellite (Single/Lyric Video) – Allo Motif

Capa do single

Allo Motif é um novo cantor e compositor brasileiro de Recife que estreou agora com seu primeiro single, “Satellite”. Detalhe interessante é que até ano passado ele nunca havia escrito ou produzido uma música sequer. A canção “Satellite” traz um pop bem melódico com ótima disposição dos elementos eletrônicos, o que evitou da música ser repetitiva. Já vi gente fazendo música por anos não conseguir entregar um trampo com essa qualidade que ele fez.

Satellite” fala de relacionamentos tóxicos, fazendo uma analogia entre um satélite que orbita em torno de um planeta e o medo que muitas vezes sentimos de nos arriscar a conquistar algo ou alguém que desejamos muito. A progressão de acordes, somada à atmosfera e melodia da música, lembra artistas como Portishead e The XX. Ela transita entre o Pop EDM, o Trip-Hop e o Indietronic, trazendo elementos como sintetizadores e texturas instrumentais e vocais. Ela conta com co-produção e mixagem por Diogo Guedes e masterização por Felipe Tichauer, ambos engenheiros de som ganhadores de Grammys Latinos.

Encontre o artista:

Assista ao lyric video:

Baggios Encontra Siba (Single) – The Baggios e Siba

Capa do single por Marcelinho Hora

A energia já característica da The Baggios está de volta no single “Baggios Encontra Siba”, a música anuncia o 5º disco do trio sergipano, que sai ainda esse ano e eu já estou ansioso. Mais uma vez a raiz, a origem da The Baggios e de Julio Andrade (vocalista e guitarrista) aparece em pauta, e nessa canção nos traz a aura de sua terra São Cristóvão (Sergipe), onde Julico voltou ao quintal da casa onde cresceu para sentir diretamente a energia dos festejos, costumes, cores, danças, comida e da prosa ao cair da tarde entre amigos e vizinhos e escrever essa canção.

A participação na canção é mais que especial, o mestre pernambucano Siba Veloso nos agracia com seus versos e com a sonoridade excelente da sua Rabeca. A produção da faixa é de Julio Andrade e a mix e master de Leo Airplane. Já a excelente capa do single tem foto por Marcelinho Hora e design por Julico.

A música “Baggios Encontra Siba”’ antecipa o próximo disco da banda que será mais pra frente e mais extrovertido do que Vulcão (indicado ao Grammy Latino de 2019), reforçando e reafirmando a cultura popular do Nordeste, sem nunca deixar de fora algumas urgentes críticas sociais e políticas.

Encontre a banda:

Ouça o single:

The Rain That Brings You Back (Single) – Pitaya Kush

Capa do single da banda Pitaya Kush

Munidos de uma sonoridade muito bem construída, a dupla Pitaya Kush, de Botucatu – São Paulo, traz seu single de estreia “The Rain That Brings You Back” que nos coloca numa atmosfera criada para transportar nossas sensações a outros lugares. Foi impossível ouvir essa música e não ter aquela viagem pelas melodias e timbres eletrônicos e orgânicos criados pela dupla. É perfeita para quem curte ouvir música em looping infinito. Só eu ouvi 7 vezes enquanto escrevia isso aqui kkkk.

O início com sons orgânicos de chuva, trovão, correndo na chuva, avião e rolo de fita de cinema rebobinando (ou um calhambeque kkkk) trazem um aspecto diferente do decorrer da canção, é que muito calcada em jazzhop, chillhop e lo-fi. Alou galera que curte estudar ouvindo música instrumental, ouve essa aqui!

Tobias Cisneros e Raul Coca trouxeram para “The Rain That Brings You Back” linhas sonoras que narram um reencontro em uma realidade onde não há restrições para tal. Solta o play e bora viajar e anotem esse nome: Pitaya Kush.

Encontre a dupla:

Ouça o single:

Lux In Tenebris (Álbum) – Vercel

Capa do disco

Percorrendo caminhos do pop rock, o disco de estreia da banda Vercel – de Jundiaí-SP – traz também versatilidade na construção sonora, indo além do pop rock que vemos mais na primeira canção do álbum “Lux In Tenebris”. Já na segunda canção, “Fogo Domado”, o grupo apresenta algo mais próximo aos trabalho do grande Zé Ramalho, que aliás foi uma das referências da Vercel para este trabalho. Além deste músico, outros nomes como Alceu Valença, Zé Geraldo, O Rappa, Bob Marley foram responsáveis por ajudar na criatividade da banda, por isso “Lux In Tenebris” soa também como reggae, MPB, forró e música eletrônica.

Os assuntos abordados no disco descrevem um período de angústia e falta de esperança aflorados pela doença que hoje é o mal maior da humanidade, a depressão, e também tem a intenção de mostrar que tudo nessa vida tem seu motivo de acontecer e, no fim tudo, nossas dores e amores nos trazem luz e evolução. “Acreditamos que nos dia de hoje uma palavra de conforto pode ser uma grande aliada para quem perdeu a fé na vida”, comenta a banda.

E essa reviravolta volta e meia meio que me fortalece mais. Fazendo fortaleza forte como a certeza do amanhã comum” (canção “Socorro”).

As canções foram gravadas no estúdio Digiwork em Jundiaí-SP entre 2017 e 2020 e quem assina a produção é Cristiano Dafré e Leandro Germano

Encontre a banda:

Ouça o Disco:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: