Lançamentos

Mini Mini Notas de Lançamentos da Semana #10

Mini mini notas rapidinhas sobre alguns lançamentos da semana (ou não) que você precisa ouvir e ficar de olho. Essa semana com: Fryer, Turquoise e Zudizilla.

Qual a relevância de um destaque se tudo for destaque? Seguindo o que falei lá no Instagram, essa semana trago as mini mini notas de lançamentos bem reduzidas. Mais coisas poderiam ser destaque? Sim, mas escolhi apenas essas por N motivos que nem sei elencar. Bora lá? Tá no ar a semana #10.

The Moth – Before the Darkness (Álbum) – Fryer

Capa do disco

O experimentalismo toma conta da primeira canção, nesse momento achei que The Moth – Before the Darkness de Fryer seguiria essa linha mais misteriosa, eu estava pronto para o que iria ouvir. Mas quando começa “Na Sacada”, a segunda faixa do disco, já tenho uma nova surpresa que me faz mudar o fluxo, já que a bateria dita um ritmo diferente e logo depois é acompanhada por uma linha de guitarra que é o grande destaque da canção. A faixa, dando um panorama geral, é um rock, mas confesso que não consegui achar referências para descrevê-la melhor, mas pode ter certeza que é muito boa.

Só depois eu percebi que The Moth – Before the Darkness trazia canções instrumentais que funcionavam como interlúdio/introdução para o que viria depois, cada uma com seu aspecto, sua característica, mas sempre seguindo a mesma linha sonora. Me pareceu algo bem próximo ao gótico e ao post-punk, bem anos 80 melancólico mas com toques de vanguarda.

Esse é um disco conceitual que aborda várias figuras presas em um ambiente escuro onde ninguém sabe onde está, como chegou ali ou para onde está indo. Quase uma referência a Beckett. O álbum funciona como uma sátira nostálgica e atual do momento político e social que vivemos abordando temas como o narcisismo nas redes sociais e os desdobramentos políticos do Brasil nos últimos anos”, resume Fryer.

The Moth – Before the Darkness teve a pré-produção foi feita em um processo colaborativo com banda, composta por Izídio Cunha (baixo), Flávio Lopes (bateria) e Jean Medeiros (guitarra). Tem produção musical de Fryer e gravação, mixagem e masterização pela ForestLAB (Exceto “A Moth Fades in the Dark“, gravada em Nowhere Studios, e mixada e masterizada no ForestLAB). É um lançamento pelo Selo Nightbird Records.

Encontre o Artista:

Ouça o Disco:

turquoise (EP) – Turquoise

Capa do EP

O garage rock está vivo! Ou o noise rock, como você preferir, mas o importante é que a barulheira do primeiro trabalho do duo carioca Turquoise tá uma sonzeira da porra e pra você que curte uma gravação mais lo-fi, abafada e é fã de Ty Segall vai curtir demais. Eu sempre curti demais o conceito de banda de duas pessoas, como FingerFingerrr, Color For Shane, The Black Keys e tantas outras, e a Turquoise faz este trabalho tão bem quanto as outras.

O punk também está muito presente em todo o EP turquoise, com sua velocidade e letras ácidas e críticas, é muito bom mesmo. Eu sei que falei que era barulheira no começo, mas volto pra explicar que é barulheira proposital, faz parte da estética, visto que a qualidade da gravação é bem boa. Os glitches, distorções e riffs rasgados em algumas vezes traz um aspecto psicodélico também, que vocês já sabem que eu amo.

Bernardo Cardoso (baixo, vocal, bongô e kaoss pad) e Ian Fontes (bateria, backing vocal) contaram com a ajuda de Vicente Barroso (guitarra, orgão, bongô e kaoss pad) para gravar este EP de estreia que foi todo produzido em casa entre janeiro de 2019/dezembro de 2020. Ainda tem produção e mixagem de Vicente Barroso e masterização de Francisco Patetucci, além de ser um lançamento pelo Selo Voragem Discos.

Encontre o Duo:

Ouça o EP:

MANHÃ, TARDE & NOITE (Audiovisual) – Zudizilla

Foto divulgação por Carol Castro

MANHÃ, TARDE & NOITE é uma obra, uma bela obra. O trabalho audiovisual do rapper, compositor e produtor musical Zudizilla trouxe, primeiramente, uma excelente estratégia de lançamento dividida em três partes, uma lançada em cada dia com um trampo audiovisual foda, ao final, o EP chegou no streaming com as três faixas. Os videoclipes apresentam sua própria estética e foram muito bem produzidos. Bora falar um pouco de cada um.

MANHÃ – Sintonize: a canção já havia sido lançada no disco anterior de Zudizilla, mas agora ganhou um clipe trazendo o rapper em uma forma de bon-vivant, jogando golfe após se tornar uma pessoa de sucesso. “Mostro uma prática que no Brasil tem cunho elitista, mas que eu amo e com isso mudam-se as figuras também: o homem branco é o ajudante. Acredito que esse é o ápice para quem vem de favela e sempre teve trabalhos subalternos. Nesse momento o ‘artista’ Zudizilla se glorifica em sua sutileza”, detalha o próprio Zudizilla. (assista aqui)

TARDE – Típico: a faixa traz o lado pessoal do músico, sua batalha para chegar onde está hoje, sua vitória pessoal acima do vitória na música. O clipe também apresenta Zudizilla em seu lugar comum, pai de uma família linda (ao lado da esposa Luedji Luna), filho, tio, amigo, compartilhando sua felicidade com as pessoas que importam. “Trata-se do homem de família, do lugar ao qual todos sempre se imaginam, mas que não é transmitido quase nunca. Esse personagem que venceu na vida no primeiro vídeo também divide sua riqueza com os que ama”, aponta o rapper. (assista aqui)

NOITE – N. Word: a última canção que completa o trabalho audiovisual nos mostra o ciclo se fechando, Zudizilla como homem real, que ama, sofre, chora, se entrega e agradece pelo o que se tornou com o resultado da sua batalha. “O terceiro filme é o indivíduo Zudizilla. Aquele que carrega os outros dois nas costas, que sofre e que lembra de todo o processo árduo até poder proporcionar os outros dois momentos para si e para os seus. Esse é o Zudizilla em sua forma mais pura”, completa o rapper. (assista aqui)

A partir desta trilogia visual, Zudizilla possibilita ao público conhecê-lo mais e de modo muito mais íntimo e sincero. A faixa “Sintonize” tem beat de Paks e mix e master de Base MC, já “Típico” e “N.Word” tem toda a produção por Iniv Beats, e todos os três filmes são assinados por A Corte Filmes.

Encontre o Artista:

Ouça o EP:

Ouça a Playlist de Indicações da Semana:

Leia Também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: