Lançamentos resenha

Maduro, libertador e dançante, “Quase Erótica”, o novo disco de Cris Braun

A importância de falar o que se tem para falar e a importância de ter a liberdade para falar o que se quer falar. “Quase Erótica” fica no quase apenas no nome, pois de resto vai com tudo em letras bem escritas e sonoridades que têm um pé em cada uma das últimas quatro décadas da música.
Foto divulgação por Henrique Oliveira

Quase Erótica” é o nome do novo disco da cantora e compositora Cris Braun.

Liberdade [substantivo feminino].
Nível de independência absoluto e legal de um indivíduo, de uma cultura, povo ou nação, sendo nomeado como modelo (padrão ideal).
Estado ou particularidade de quem é livre; característica da pessoa que não se submete.


Em sua arte não houve submissão, não houve barreiras. Houve ponto de partida, mas não há ponto de chegada.

Depois de longos anos nos palcos, nos estúdios, com seus próprios pensamentos e reflexões, a cantora e compositora Cris Braun chega com o disco “Quase Erótica”, o quinto da sua carreira solo, uma obra libertadora no sentido musical, físico e introspectivo. Como num mergulho nas análises pessoais, ponderações, estudos e ecos de uma mente a milhão, o álbum apresenta-se num ponto de maturidade em todos os sentidos, ao ponto de eu considerar um dos melhores trabalhos de Cris Braun até hoje.

Senti uma aura bem intimista, como se fosse eu ali ouvindo e conversando com uma amiga sobre angústias, frustações, amores, realizações e projeções sobre coisas reais e irreais, tudo numa noite quente em alguma cidade barulhenta.

Do pop “Tudo Que Você Queria Saber Sobre Si Mesmo” (versão da faixa de Alvin L da banda Sex Beatles, qual Cris Braun fazia parte) com sua vibe mais próxima da tropicália e do psicodelismo – algo entre Rita Lee e Letrux – à balada “Logado”, faixa que reflete sobre amores, telas, inquietude, “Quase Erótica” percorre alguns caminhos sonoros diferentes, mas sempre mantendo uma linha criativa que liga todas as faixas.

Assista ao clipe de Tudo Que Você Queria Saber Sobre Si Mesmo

Cris Braun optou por compor o repertório também com faixas engavetadas e faixas antigas, mas contextualizando o som com momentos diferentes da história da música, ou seja, referências do pop rock anos 80 com guias de sonoridades contemporâneas. Isso trouxe excelentes combinações de MPB, rock, psicodelia, eletrônico e indie.

Assim como a faixa de abertura do disco, que foi o single que precedeu o lançamento da obra completa, as últimas três canções conversam entre si, todas com uma roupagem pop com teclas marcantes que dão o tom meio brisa pra gente viajar enquanto ouve. Não desmerecendo as outras músicas, mas essas quatro foram minhas preferidas: “Tudo Que Você Queria Saber Sobre Si Mesmo“, “Príncipes e Feras“, “A Cara da Minha Metade” e “E o Seu Namorado Também“.

Inclusive essas quatro canções dialogam muito bem com a temática do disco, Cris Braun conta que “Senti um desejo de dançar, de falar para mais gente, de estar num palco pop rock me divertindo e alegrando corações neste disco. Quis sentir e passar vida, humor e pimenta! Refleti bastante sobre a falta de hormônios da menopausa, percebi uma nova forma de erotismo, libido e tesão. Daí o humor do ‘Quase Erótica”.

O Disco

Capa do disco. Foto por Henrique Oliveira. Arte por Claudia Monteiro

Quase Erótica” tem Cris Braun liderando a porra toda, desde a produção até os arranjos – ambos junto com o Dinho Zampier – tudo lá no estúdio Fabuloso de outubro de 2019 à fevereiro de 2021, em Maceió. A mixagem e masterização ficou por conta de Jair Donato, já a banda completa é formada por Dinho Zampier (teclados, bateria e baixos programados), Billy Brandrão (guitarras e violões), Jam da Silva (percussão) e Natan Oliveira (sopros). O álbum é um lançamento pela LAB 344.

A importância de falar o que se tem para falar e a importância de ter a liberdade para falar o que se quer falar. “Quase Erótica” fica no quase apenas no nome, pois de resto vai com tudo em letras bem escritas e sonoridades que têm um pé em cada uma das últimas quatro décadas da música.

________________________

Encontre a Artista:

Ouça o Disco:

Leia Também:

2 comentários

Deixe uma resposta para polvomanco Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: