Lançamentos resenha

The Baggios traz uma tempestade sonora em Tupã-Rá, novo disco de estúdio

Numa obra complexa sonoramente, a The Baggios trouxe rock, samba, baião, jazz, blues, afrobeat, música tradicional Etíope e manteve sua veia nordestina no reluzente sonoro que é “Tupã-Rá”.
Foto divulgação por Marcelinho Hora

Tupã-Rá” é o nome do quinto disco da banda sergipana The Baggios.

Tupã [substantivo masculino]
Trovão; entidade que, na mitologia indígena de língua tupi, é adorado como ser supremo.

[substantivo masculino]
Em egípcio: *ri:ʕu. Grandioso Deus do Sol do Antigo Egito.

Não é um disco sobre um Deus, ou deuses indígenas ou egípicios. “Tupã-Rá” transcende a compreensão de que apenas uma religião deve ser reverenciada, afinal existem milhares por todo o mundo e obviamente não sabemos se todos esses Deuses existem em conjunto ou se na verdade é apenas um. Mas a ideia de todos juntos é muito mais agradável, e neste disco é mais ou menos isso também, muita coisa incorporada e unida musicalmente em sonoridades que percorrem vários caminhos da música.

Mas o que Tupã e Rá têm em comum? Ambos trazem a luz. Trovão e Sol. Iluminar os caminhos, as percepções, iluminar nossos olhos para conhecer e entender novas coisas. Em um disco bem versátil, mas com uma veia de rock extremamente forte – como já é característico da banda -, a The Baggios mesclou muita coisa e poderia dar muito errado, mas não deu.

Espelho Negro“, quinta faixa do disco, traz uma frase muito bem explicativa sobre como esta obra é: “bem no meio do samba eu meto o baião“, ali, nessa hora, já ouvíamos guitarras acompanhadas de cuíca, depois vem flautas e sintetizadores, metais e teclado, um grande composto de sons que se não prestarmos atenção é até difícil identificar tudo o que acontece. Isso na real é algo já comum nos trabalhos da The Baggios e uma das coisas que mais admiro na banda.

Vou voltar um pouco ao início do disco, se por acaso passou despercebido por você volte também para ouvir “A Chegança”. A canção que abre “Tupã-Rá”, e faz referências à música tradicional da Etiópia, é inspirada em uma manifestação popular de São Cristóvão (cidade natal da banda), cuja dança representa o embate entre os mouros, vindo do norte da África, e cristãos que estavam no Nordeste brasileiro. The Baggios também é história.

Outra coisa que gostei bastante foi o pré-lançamento do disco, pois a banda caprichou nos videoclipes das quatros faixas que foram liberadas previamente. Entre eles o meu preferido é o de “Clareia Trevas”, se liga só:

Segundo a banda, “Tupã-Rá” tem dois momento, como Lado A ( de “A Chegança” até “Clareia Trevas”, onde ilustram tudo aquilo que absorveram e refletiram nos últimos anos sobre o que é estar vivo e como estar em constante evolução espiritual e mental no mundo) e Lado B (“Baggios Encontra Siba” até “Sun-Rá”, onde o momento é de sentir as vibrações positivas e mexer o corpo, com músicas dançantes, que exaltam sentimentos brilhantes e coloridos, além de resgatar o passado por meio de lembranças afetivas).

O Disco

Capa do disco. Foto por Marcelinho Hora. Esculturas de Marlon Delano. Arte por Julio Andrade

O álbum “Tupã-Rá” traz três participações de peso: Siba Veloso em “Baggios Encontra Siba” e Chico César e Cátia de França na faixa “Barra Pesada”, ambas foram lançadas como single e ganharam videoclipe. E não menos importante um timaço foi responsável por comandar os metais das canções “Deixa Raiar“, “Chuva” e “Espelho Negro“: André Lima (Trompete), Mario Augusto (Saxofone e flauta) e Jeovane Lima (Trombone), além de Rodrigo Pacato que assumiu as percussões nessas três faixas.

A The Baggios é Julio Andrade (vocal e guitarra), Gabriel Perninha (bateria) e Rafael Ramos (teclados). Gravado entre março e julho de 2021 nos estúdios Maca Records e Peixú Estúdio, ambos em Aracaju (Sergipe) e com mixagem e masterização do mestre Leo Airplane. É um lançamento pelo selo Toca Discos.

Numa obra complexa sonoramente, a The Baggios trouxe rock, samba, baião, jazz, blues, afrobeat, música tradicional Etíope e manteve sua veia nordestina no reluzente sonoro que é “Tupã-Rá”.

______________________________________

Encontre a banda:

Ouça o Disco:

Leia Também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: