Lançamentos resenha

Suor adocicado e paixão transbordante em ritmo e amor latino no disco de estreia da Mestre Madruguinha

O carimbó, a cumbia, o forró, o Brasil, o Caribe, o Nordeste. A alegria, a energia, o amor e o suor. São tantas coisas nítidas em "Pra Onde a Gente Vai Agora?" e tantas outras escondidas que só ouvindo mesmo para sentir esse turbilhão tropical que é a banda Mestre Madruguinha.

Foto divulgação por Gabriel Barreto

Pra Onde a Gente Vai Agora?” é o nome do primeiro disco da banda sergipana Mestre Madruguinha.

Eu estava no trabalho quando decidi dar play no disco “Pra Onde a Gente Vai Agora?” Foi a decisão certa? Provavelmente não, mas com certeza causei entretenimento aos colegas de trabalho pois foi impossível ouvir as canções e não dançar no ritmo da música. Eu sentado na cadeira em frente ao computador e de costas para todo mundo, deve ter sido uma cena e tanto.

Por isso já adianto a vocês, se não estiveram em um local onde possam dançar livremente, talvez melhor nem ouvir ali, deixa pra depois, afinal você será puxado pelo ritmo e não vai se segurar. ATENÇÃO: Não é um disco recomendado para velórios.

Mestre Madruguinha se mostrou uma banda e tanto, conheci através desse disco e já virei fã. Já me imagino dançando loucamente descalço em um show deles e me derretendo de calor, suor e amores. Venham para São Paulo por favor, ou melhor, bora organizar uma vakinha online pra eu conseguir ir pra Sergipe pq olha, acho que tô merecendo cair nos braços dessa galera talentosa daí viu hahahaha.

O tropical latino é o carro-chefe da sonoridade da banda, ritmo, swing, calor, paixão, desejo, tudo isso está bem claro em cada canção e nos sons elaborados para cada uma delas. Além da aura caribenha extremamente animada de arrastar o pé no chão e cair nos braços da sua paixão, também temos construções rítmicas que nos levam para uma noite quente e esfumaçada de cigarro e charuto em algum clube qualquer de Havana enquanto um set de metais bem melódico toca, um cantor de camisa florida brada suas lamúrias e a gente enfia a cara num bourbon contrabandeado já meio quente.

Assista ao clipe de Flor Cor de Rosa

Quando a gente se entrega para “Pra Onde a Gente Vai Agora?” a pira é essa mesmo, ouvir e ficar imaginando situações hipotéticas que podem até virar uma realidade, mas o que há mesmo de real ali é um disco envolvente, caliente e com o apimentado amor latino-americano.

Mas o disco é além disso, apresenta também outras vertentes musicais, principalmente de ritmos brasileiros, como o forrózin da música “Forró de Dengo” e o brega funk de “Pra Tonho”. Ainda somos contemplados pela marchinha de carnaval “Vamos Abraçar o Sol”, que fecha o álbum.

Pra Onde a Gente Vai Agora?” é alimento para a pélvis. Diversificado para todos os paladares, feito comida a quilo. Tem postas fartas de cumbias e carimbós, uma surpreendente farofa crocante de frevo e forró, uma salada refrescante de piseiro e brega funk, além do já tradicional molho à base de salsa e bolero. Tudo à moda da casa”, brinca a banda sobre o ‘menu’ do disco.

O Disco

Capa do disco por Ananda Barreto

Viabilizado através da Lei Aldir Blanc, por meio de edital promovido pela Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe – Funcap, o disco foi produzido por Allen Alencar, Rafael Aragão e Vinícius Chukro, gravado por Fabrício Rossini no Maca Records, em Aracaju (Sergipe) e mixado e masterizado por Leo Airplane, além de arranjos de sopros por André Lima.

A obra ainda traz diversas participações mais que especiais, como Manoel Cordeiro, Dai, Táia, Chibatinha (ÀTTØØXXÁ) e Julico (The Baggios). A capa é assinada por Ananda Barreto.

O carimbó, a cumbia, o forró, o Brasil, o Caribe, o Nordeste. A alegria, a energia, o amor e o suor. São tantas coisas nítidas em “Pra Onde a Gente Vai Agora?” e tantas outras escondidas que só ouvindo mesmo para sentir esse turbilhão tropical que é a banda Mestre Madruguinha.

________________________________

Encontre a Banda:

Ouça o Disco:

Leia Também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: